Luságua ganha Contrato de Operação e Manutenção da ETAR de Parada

O Agrupamento LUSÁGUA – Serviços Ambientais, S.A. e LUSÁGUA ALCANENA – Gestão de Águas, S.A., venceu o concurso público para “Prestação de Serviços de Operação, Manutenção e Conservação da ETAR de Parada e da Estação de Compostagem de Lamas de Parada” promovido pelo...

Grupo Aquapor participa na IWA Digital World Water Congress 2021

A água sustenta a existência humana e ambiental. Os graves desafios da água que o mundo enfrenta hoje em dia exigem uma resposta global sem precedentes. O IWA Digital World Water Congress, a decorrer de 24 de Maio a 4 de Junho, é um evento virtual que visa reunir os...

Covid-19. Vacinação aos trabalhadores da Luságua na Madeira.

Na passada quinta-feira, a equipa da Luságua, Serviços Ambientais, S.A. prestadora de serviços na área do tratamento de águas residuais que atua na Ilha da Madeira recebeu a primeira dose da vacina da AstraZeneca. O mesmo aconteceu com as equipas da Águas e Resíduos...

Luságua, de Cidade em Cidade. Instalação de Caudalimetro, Cascais.

Em parceria com as Águas de Cascais, a equipa de manutenção da Luságua substituiu as tubagens antigas e instalou um Caudalimetro Eletromagnético novo.  O nosso Caudalímetro Eletromagnético permite mediar com alta precisão o volume e velocidade do fluxo das águas...

Luságua lança a 1ª telegestão em Portugal, adaptada a pessoas daltónicas.

26 Dezembro, 2020 - 3:34 PM | Notícias

A Luságua investiu nos últimos anos, no desenvolvimento da 1ª Telegestão adaptada a daltónicos, que está em funcionamento nas Águas do Planalto e em fase de arranque e testes na ETAR Urbana das Águas da Figueira.

Este tipo de Telegestão visa, de uma forma inclusiva, permitir a pessoas daltónicas utilizar todos os recursos disponíveis por este tipo de soluções, utilizando uma livraria universal, com simbologia desenvolvida especificamente para a distinção das cores dos equipamentos e por conseguinte uma perfeita distinção dos estados em que os mesmos se encontram.

Esta tecnologia, ao ser implementada conjuntamente e de forma integrada com os sinópticos existentes, permite valorar todos os operadores de Telegestão de igual forma, incidindo nas suas competências técnicas e operacionais, com o sistema a controlar.